Vacinação antirrabica está suspensa PDF Imprimir E-mail

 A vacinação antirrabica está suspensa por tempo indeterminado,

Com a parceria de 7 clinicas veterinárias no bairro do Ipiranga, e um posto móvel, estaremos realizando vacinas anti-rábica, importadas, com o valor reduzido,         R$ 15,00. As outras vacinas também estão com os valores reduzidos.

Esta campanha será durante todo mês de Agosto, os endereços das clinicas parceiras estão abaixo:


Clinica dos Veterinários na Estrada
Rua Marcos Portugal, 224 - Ipiranga
fones: 5062-8522 / 2592-2645 / 8778-1792 / 8298-9261
 
Pet Life
Rua Marques de Lajes, 1900 - Vila das Merces
fone: 2940-4281
 
Animal Show
Rua Luiz Góes, 1316 - Vila Mariana
fone: 2361-3060
 
Zoobotica I
Rua Agostinho Gomes, 679 - Ipiranga
fone: 2062-8668
 
Zoobotica II
Rua Lino Coutinho, 977 - Ipiranga
fone: 2063-8990
 
Clinica Ipiranga - Dra. Darci Kawae
Rua Julio Cortines, 20 - Ipiranga
fone: 5063-1039
 
Clinica Dra. Fabiana Claro de Faria
Rua General Lecor, 307 - Ipiranga
fones: 2274-3279 / 7567-2794


 

Os postos  volantes de vacinação, ainda não estão determinados, pois estamos aguardando autorização da CET para bloquear a rua, assim que tivermos a liberação,os postos serão divulgados.

 

beb_da_torre_5

 

Amigos,
Este ano, a campanha de vacinação antirrábica, na cidade de São Paulo, e em outros estados, está suspensa por tempo  indeterminado.
 
Pensando na saúde de nossos amigos peludos e da população, nosso projeto, Veterinários na Estrada sob a coordenação da Dra. Amélia, teve a iniciativa de organizar e realizar uma campanha de vacinação antirrábica, com valores reduzidos, no bairro do Ipiranga.
 
Lembrando a todos que a Raiva não está erradicada, é uma doença fatal e não tem cura. A única forma de prevenção é a vacina.
 
A vacina que será aplicada nesta campanha, é a mesma utilizada rotineiramente nas clinicas, Importadas, fornecidas pelo laboratório Virbac, e serão aplicadas por profissionais Médicos Veterinários, ou seja, VACINA COM RESPONSABILIDADE.
 
Tomamos esta iniciativa pois, além de cuidar de nossos amigos peludos, estamos também cuidando de nosso bairro. Vários comerciantes de destaque em nosso bairro estão apoiando nossa iniciativa, Supermercados Hirota, Loja de Calçados Colossal, Padaria Maria Louca, Tintas Ipiranga, vários postos de Gasolina em todo bairro. Nosso agradecimento a todos colaboradores.
 
Com a parceria de mais 7 clinicas veterinárias no bairro e um posto móvel, estaremos realizando vacinas anti-rábica, importadas, com o valor reduzido,         R$ 15,00. As outras vacinas também estão com os valores reduzidos.

Temos recebido muitas ligações de pessoas que tem maisde 3 ou 4 animais. Entendemos que existe uma dificuldade em levar todos até a clinica, e estamos com uma equipe de veterinarios, que, fazem as vacinas em domicilio. Quem tiver essa dificuldade, pode entrarem contato com qualquer clinica parceira de nosso projeto, que será prontamente atendido.
 

 

fofucho

Raiva Canina


A Raiva Canina é uma das principais e mais conhecidas Zoonoses (doenças e infecções que se transmitem entre os animais vertebrados e o homem). Por suas conseqüências seríssimas e por seu caráter incurável, sempre preocupou criadores e pesquisadores do assunto.

A Raiva é uma doença contagiosa, que se transmite pelo contato, e de caráter agudo, ou seja, quando os sintomas aparecem são de grande intensidade. É causada por um vírus (Rhabdovirus) que atinge de maneira letal o sistema nervoso do indivíduo contaminado. Caracteriza-se por perturbações nervosas de origem cerebral e medular, com excitação, depressão, paralisia e finalmente a morte do animal.

A raiva é transmitida por meio da saliva dos cães raivosos, que pode já contar os vírus da raiva até 10 dias antes da manifestação dos primeiros sintomas da doença. Por atacar o sistema nervoso, as mordidas no rosto e braços são muito mais perigosas do que as nas pernas.

O período de "encubação" do vírus após a mordida é de 20 a 60 dias, tanto para o homem quanto para os animais. O cão pode apresentar 3 tipos de raiva:

  • Raiva Furiosa - começa com um período inicial chamado "melancólico" que dura de algumas horas até 3 dias. Neste período o que chama a atenção é a mudança na conduta do cão, que tem seus hábitos totalmente alterados. Os principais indícios são: o cão tenta esconder-se sob os móveis (ou atrás deles), procura lugares escuros e atende raramente aos chamados do dono. Tem muita atividade (não pára quieto em lugar nenhum), escava o solo com intensidade, late ou morde o ar sem motivo aparente. Muitos cães passam a lamber ou morder o lugar da mordida. Recusam alimentos mas procuram ingerir suas próprias fezes. Nesta fase, procuram água com freqüência mas não conseguem bebê-la além de salivar muito. Após este período vem uma fase de extrema excitação com ampliação dos sintomas anteriores mas com grande violência/fúria. Costumam fugir da casa e geralmente não retornam ao lar, atacando outros cães no caminho. Segue-se a esta fase as paralisias da laringe, faringe e a salivação é abundante. No terceiro ou quarto dia da doença o cão entra no estágio paralítico, seguido da morte do animal em no máximo 48 horas.
  • Raiva Muda - é o segundo tipo de raiva que pode atacar os cães e todo os sintomas iniciais da Raiva Furiosa são mantidos no seu período melancólico. O cão apresenta-se muito sonolento como se estivesse intoxicado. Ao contrário da Raiva Furiosa, não vagueia nem apresenta excitação, podendo mesmo estar calmo "além da conta". Em seguida o cão começa a apresentar as primeiras paralisias, especialmente no maxilar (queixo caído), mantendo a boca aberta constantemente. Os sintomas agravam-se até levar à morte do cão.
  • Raiva Intestinal - o cão apresenta vômitos, cólicas e gastroenterite hemorrágica, e apesar de não apresentar sinais de agressividade nem paralisia, morre em 2/3 dias. É o tipo mais raro de raiva.

No homem, a raiva apresenta basicamente os mesmos sintomas que os animais, sendo que os mais importantes são a aerofagia (sensação de falta de ar ou "estrangulamento", causada pelos espasmos da faringe) e a hidrofobia (horror à água), além de sensação de angústia, insônias e hipersensibilidade.

Cuidados Importantes

  • Os cães e gatos devem ser vacinados, por um veterinário responsável, anualmente contra a Raiva.
  • Sempre que tiver contato com um cão ou gato raivoso (ou suspeito) procure o serviço de controle de zoonoses de sua cidade, pois a vacina anti-rábica deve ser aplicada criteriosamente.
  • Se for mordido por um cão raivoso, NÃO O SACRIFIQUE, já que ele deverá ser observado por pelo menos 10 dias, durante os quais serão procurados os sintomas da raiva. Caso seja encontrado algum sintoma no cão, será necessário proceder à vacinação, caso contrário, não é preciso tomar a vacina.
  • Caso um cão que esteja atualmente imunizado (tenha sido vacinado contra a raiva) seja mordido por um animal comprovadamente raivoso ou por animais silvestres numa área onde há casos de raiva, ele deve ser revacinado e observado durante 90 dias. Animais não vacinados devem sofrer eutanásia ou se o dono não quiser, deve ficar confinado a um estrito isolamento durante 10 dias, após este período, e se estiver sadio poderá voltar ao seu dono.

Texto produzido a partir das seguintes fontes:
Revista Saúde Animal
Revista Animais e Cia

  

Restrições

     Animais debilitados não devem tomar vacinas, precisam se recuperar antes, pois a doença abaixa a imunidade do bichinho.

     Os veterinários também  lembram que, assim como pessoas, animais não podem tomar medicamentos sem orientação profissional.

Recomendações

- Nenhum filhote deve sair à rua ou ter contato com outros animais sem estar vacinado;

-Nunca deixe de aplicar as doses anuais e a vacina anti-rábica em cães e gatos;

- Mesmo animais que vivem presos precisam receber doses de vacina;

- Não aplique medicamentos no animal sem consultar antes um veterinário;

- Mesmo vacinado, não deixe o animal ficar em contato com bichos doentes.

 

 

 

Esta campanha será durante todo mês de Agosto, os endereços das clinicas parceiras estão abaixo:


Clinica dos Veterinários na Estrada
Rua Marcos Portugal, 224 - Ipiranga
fones: 5062-8522 / 2592-2945 / 8778-1792 / 8298-9261
 
Pet Life
Rua Marques de Lajes, 1900 - Vila das Merces
fone: 2940-4281
 
Animal Show
Rua Luiz Góes, 1316 - Vila Mariana
fone: 2361-3060
 
Zoobotica I
Rua Agostinho Gomes, 679 - Ipiranga
fone: 2062-8668
 
Zoobotica II
Rua Lino Coutinho, 977 - Ipiranga
fone: 2063-8990
 
Clinica Ipiranga - Dra. Darci Kawae
Rua Julio Cortines, 20 - Ipiranga
fone: 5063-1039
 
Clinica Dra. Fabiana Claro de Faria
Rua General Lecor, 307 - Ipiranga
fones: 2274-3279 / 7567-2794
 

Os postos  volantes de vacinação, ainda não estão determinados, pois estamos aguardando autorização da CET para bloquear a rua, assim que tivermos a liberação,os postos serão divulgados.
Obrigada e abraços.

 

 

 

 

0 Voto(s)

0 Comentário(s)

Mande seu comentário!